Coin News

Bitcoin e El Salvador entram para o Livro dos Recordes

19 Oct, 20223 min readBitcoin
Bitcoin e El Salvador entram para o Livro dos Recordes

O Bitcoin (BTC) entrou oficialmente no Guinness World Records, conhecido como Livro dos Recordes. E além disso, El Salvador, o primeiro país a adotá-lo como moeda oficial, também está na nova edição do livro.

De acordo com a página do Livro dos Recordes, a edição de 2023 contará com a presença da criptomoeda líder do mercado. E logo no seu primeiro ano, o BTC terá nada menos do que 23 recordes estabelecidos nesta edição.

No entanto, das várias entradas, estabelecidas, pelo menos seis merecem uma menção honrosa. Estas são as seguintes:

  • primeira criptomoeda descentralizada;
  • transação comercial com BTC;
  • primeira transação de BTC da história;
  • El Salvador;
  • primeiro NFT criado;
  • maior golpe com BTC.
  • Descentralização e Pizza Day

    O primeiro dos 23 recordes envolvendo o BTC é o mais óbvio. De acordo com o Livro dos Recordes, o BTC é a “primeira criptomoeda descentralizada” criada na história.

    “O Bitcoin foi desenvolvido como uma solução para o desafio de regular uma moeda digital sem nenhuma organização centralizada”, diz a página do recorde.

    De fato, o Bitcoin oferece consenso descentralizado por meio de Prova de Trabalho (PoW), como menciona o Guinness. No entanto, a descrição que o Guinness faz dos nós mostra que a organização ainda está aprendendo como o BTC funciona.

    “Cada nó (ou seja, computador) representa um validador, também chamado, no caso de PoW, de minerador”, continua o Guinness.

    Só que esta descrição confunde o papel de nós e mineradores, que possuem funções diferentes. Um nó valida as transações, enquanto os mineradores ajudam a organizar as transações nos blocos. Além disso, a figura do “validador” não existe na rede do BTC.

    Em seguida, o Guinness estabelece mais um recorde, a primeira transação comercial de BTC. Aqui o livro cita corretamente que Laszlo Hanyecz pagou 10 mil BTC por duas pizzas em 22 de maio de 2010. A data entrou para a história como o Bitcoin Pizza Day.

    Outro recorde reconhecido no livro é a primeira transação de BTC da história, que ocorreu em 12 de janeiro de 2009. Naquele dia, Satoshi Nakamoto em pessoa enviou 10 BTC para Hal Finney como forma de testar a rede.

    El Salvador ganha destaque

    Além disso, El Salvador também recebeu reconhecimento no Guinness por ser o primeiro estado-nação a reconhecer o BTC como moeda legal. O país adotou o BTC em setembro de 2021, quando a sua Ley Bitcoin entrou em vigor.

    Por fim, o Guinness estabeleceu um recorde que pouca gente esperava para o BTC: a criação do primeiro NFT da história. De acordo com o livro, este recorde ficou com o Quantum, uma curta animação em loop criada pelo artista digital Kevin McCoy em 5 de maio de 2014. Portanto, mais de três anos antes dos CryptoKitties popularizarem os NFTs.

    O Bitcoin também foi reconhecido como a criptomoeda mais valiosa, bem como a mais antiga. E a maior fraude com BTC, de acordo com o livro, ocorreu em novembro de 2013, quando o Bitcoin Savings and Trust supostamente perdeu o equivalente a US$ 5,6 milhões.

    Source

    Subscribe to get our top stories

    Coin News
    App StoreApp Store