Coin News

Bitcoin corre risco de registrar pior agosto desde 2015, enquanto hodlers se preparam para um 'setembro sinistro'

28 Aug, 20224 min readBitcoin
Bitcoin corre risco de registrar pior agosto desde 2015, enquanto hodlers se preparam para um 'setembro sinistro'

O BItcoin (BTC) está a caminho de ver seu pior desempenho em um mês de agosto desde o mercado de baixa de 2015 - e setembro pode ser ainda pior.

Dados plataforma de análise on-chain Coinglass mostram que o par BTC/USD não tinha um agosto tão ruim há sete anos.

Setembro registra perdas médias de 5,9% no preço do BTC

Após duas grandes quedas nos preços do BTC nas últimas semanas, os hodlers do Bitcoin estão compreensivelmente com medo, ainda mais porque, historicamente, setembro costuma ser um mês ainda pior do que agosto.

Em US$ 20.000 neste domingo, 28, o par BTC/USD caiu 14% neste mês, tornando este agosto o maior perdedor desde 2015, quando o BTC consolidou uma vela mensal vermelha de 18,67%.

Os anos subsequentes provaram que agosto pode ser ambivalente quando se trata do desempenho dos preços do BTC – em 2017, por exemplo, a maior criptomoeda do mercado ganhou mais de 65%, em um recorde de alta.

Um mês que não deixa ninguém em dúvida quando se trata da provável direção do preço do BTC, no entanto, é setembro. Já famoso como um mês "vermelho" para o Bitcoin, as perdas médias desde que os registros da Coinglass começaram em 2013 são de quase 6%.

Historically September Down Month'Septembear'— Trader_J (@Trader_Jibon) August 26, 2022

Historicamente, setembro é um mês de quedas.

'Setembear'

— Trader_J (@Trader_Jibon)

Desta vez, a instabilidade macro está atuando em conjunção com a tradição negativa de setembro para entregar projeções sombrias dos analistas.

“O mercado de ações em geral não parece bom agora, então essa queda do $BTC é um reflexo disso”, resumiu o trader Josh Rager quando o Bitcoin dsafiou o suporte de US$ 20.000.

"Setembro, em geral, não é historicamente um grande mês. Possivelmente, uma queda aqui acaba sendo uma oportunidade de compra para os próximos meses. Serei um comprador no mercado à vista com foco no longo prazo abaixo de US$ 20 mil."

Rager estava continuando um debate sobre a probabilidade de bitcoins do processo de reabilitação da exchange Mt. Gox serem vendidos em massa por credores que vão reaver seus BTCs após uma espera de oito anos. Como o Cointelegraph relatou, muitos acreditam que tal evento não ocorrerá, e que tais temores não têm fundamento.

Gráfico mensal "está muito feio"

Voltando ao fechamento mensal, comentaristas nervosos se concentraram em analisar se o Bitcoin poderia evitar uma vela mensal abaixo da marca de US$ 20.000.

Se não conseguir, o par BTC/USD rivalizaria com junho em termos de baixas ausentes do gráfico desde o final de 2020.

Pior ainda, tal evento poderia desencadear uma bola de neve de vendas, alertou um preocupado Galaxy Trading aos seus seguidores no Twitter durante o fim de semana.

"Em um TF mensal, as coisas parecem realmente feias", escreveu.

"Se em 3 dias a vela mensal fechar abaixo de 20k, isso pode desencadear grandes vendas, jogando o preço do BTC para pelo menos 14k, onde o próximo grande suporte está localizado."

Um movimento substancialmente abaixo de US$ 20.000 violaria uma zona de pivô em vigor desde o primeiro movimento acima desse nível em 2020, conforme destacado por Caleb Franzen, analista de mercado sênior da Cubic Analytics.

"O Bitcoin parece pronto para um novo teste mais profundo do intervalo de pivô principal, identificado usando o "wick & close" mensal de dezembro de 2017. Esse intervalo atuou como resistência perfeita em 2019, atuou como plataforma de lançamento em 2020 e vem tentando atuar como suporte em 2022", explicou ele sobre o gráfico mensal.

As opiniões e pontos de vista expressos aqui são exclusivamente do autor e não refletem necessariamente as opiniões do Cointelegraph.com. Cada movimento de investimento e negociação envolve risco, você deve realizar sua própria pesquisa ao tomar uma decisão.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store