Coin News

Bitcoin cai abaixo de US$ 24 mil e Ethereum sustenta preço à espera de atualização; veterana EOS dispara 23%

17 Aug, 20225 min readBitcoin
Bitcoin cai abaixo de US$ 24 mil e Ethereum sustenta preço à espera de atualização; veterana EOS dispara 23%

As criptomoedas iniciam esta quarta-feira (17) mais um dia na defensiva e o Bitcoin (BTC) voltar a cair abaixo dos US$ 24 mil. Às 7h de hoje, a moeda digital é negociada a US$ 23.844, em recuo de 1,1% nas últimas 24 horas. Já o Ethereum (ETH) opera em estabilidade no mesmo período, a US$ 1.890, em sinal de que a especulação em torno da atualização prevista para meados de setembro segue viva, embora o preço tenha caído de US$ 2 mil no fim de semana.

“A recente recuperação das criptomoedas atingiu um muro, pois os traders de varejo e institucionais continuam se levantando após as quedas recentes, e respeitam os principais níveis técnicos”, escreveu Edward Moya, analista sênior de mercado da bolsa estrangeira Oanda. “O Bitcoin pode não conseguir ultrapassar ainda o nível de US$ 25 mil, mas parece estar mantendo uma trajetória de alta”.

Nos últimos sete dias, o ETH superou o BTC em meio à crescente expectativa pela atualização da Fusão, em que o Ethereum irá migrar da mineração tradicional (Proof-of-Work, ou PoW) para um sistema de validação (Proof-of-Stake ou PoS) mais rápido e energeticamente mais eficiente.

A capitalização de mercado total do Ethereum agora é de 50% do Bitcoin, aproximando-se dos níveis vistos pela última vez em janeiro deste ano. O valor de mercado do ETH comparado ao do BTC indica o potencial de um evento de “inversão”, onde o valor de mercado total do ETH excede o do BTC. Em um relatório, a FSInsight sugeriu que isso poderá acontecer nos próximos 12 meses.

“A Fusão levou a uma elevada atividade de negociação de ETH, especialmente no mercado de opções, onde o número de contratos em aberto ultrapassou o de BTC pela primeira vez na história”, observou a Arcane Research em um boletim informativo.

Outras criptos registram movimentações mistas na manhã de hoje. De um lado o projeto veterano EOS (EOS), que dispara 23% em meio à expectativa de uma repaginação completa do projeto, incluindo um hard fork (bifuração da rede), após a comunidade tomar conta do protocolo em dezembro de 2021.

Já as memes Dogecoin (DOGE) e Shiba Inu (SHIB) esfriam e registram queda após um rali que começou na segunda-feira (15). Ainda assim, no acumulado da semana, as criptos têm alta de 22% e 54%, respectivamente.

Os futuros de DOGE e o SHIB tiveram recentemente mais de US$ 25 milhões em liquidações, sugerindo que parte do rali é provocado por posições especulativas no mercado de futuros. No caso da Dogecoin, há, no entanto, um componente fundamentalista: um novo projeto chamado DogeChain está levando usuários da criptomoeda para o ambiente de finanças descentralizadas (DeFi) e tokens não-fungíveis (NFT) compatíveis com o Ethereum.

Assista: O que é a duplicação do Ethereum e como ganhar com isso?

US$ 120,44

SEC processa projeto cripto por oferta irregular de valor mobiliário

A Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) apresentou uma queixa contra a startup de blockchain Dragonchain por não registrar mais de US$ 16 milhões em suposta oferta irregular de criptoativos ao longo de cinco anos, de acordo com uma ação submetida à Justiça de Washington, na terça-feira (16).

Segundo o documento, o CEO John Roets, juntamente com três entidades da Dragonchain, teria violado a lei de valores mobiliários ao arrecadar milhões de dólares com a venda de tokens Dragon (DRGN) em uma oferta inicial de moedas (ICO) realizada em 2017.

De acordo com a SEC, a empresa usou o dinheiro para suas campanhas de marketing e desenvolvimento.

“A Dragonchain realizou sua distribuição de DRGN sem registrar suas ofertas e vendas na SEC, conforme exigido pelas leis federais de valores mobiliários, e nenhuma isenção desse requisito foi aplicada”, diz a ação.

Citigroup reforça equipe de ativos digitais

O Citigroup realizou duas novas contratações para sua equipe de ativos digitais: Ryan Rugg e David Cunningham, que trabalharão na unidades de Tesouraria e Soluções Comerciais.

Rugg será o chefe global de ativos digitais da unidade. Ela foi sócia e chefe da equipe IBM Americas Blockchain e ficará sediada em Nova York, reportando-se a Carol Grunberg, chefe global de parcerias e inovação do Citi.

“Como chefe global de ativos digitais para soluções de tesouraria e comércio, Ryan terá a tarefa de avançar para a próxima fase de nossa jornada, em um passo crítico para tornar o Citi um líder no espaço de ativos digitais enquanto trabalhamos para permitir que nossos clientes prosperem no mundo de hoje”, disse um porta-voz do Citi ao CoinDesk.

Celsius recebe ofertas de aporte financeiro

A plataforma de empréstimo de criptomoedas Celsius Network, que divulgou na segunda-feira (15) que está perto de ficar sem caixa, disse que recebeu várias propostas de aporte financeiro e obteve a aprovação de um juiz dos Estados Unidos para vender Bitcoin (BTC) que minera.

A informação foi divulgada na terça-feira (16) pelo advogado da Celsius, Josh Sussberg, durante uma audiência sobre o processo de falência da empresa. Não foi divulgado o tamanho das ofertas.

Mover-se rapidamente nisso é “missão crítica” para a Celsius, disse Sussberg. É comum que as empresas que estão se reorganizando no tribunal de falências dos EUA busquem financiamento para manter suas operações em andamento.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store