Coin News

Bitcoin atinge menor preço de 16 meses enquanto mercado continua em crise

23 min ago3 min readBitcoin
Bitcoin atinge menor preço de 16 meses enquanto mercado continua em crise

A semana foi preocupante para os investidores de criptomoedas, sendo responsável por muito prejuízo e vários sustos. Com o Bitcoin atingindo o seu valor mais baixo desde dezembro de 2020.

O Bitcoin, a maior criptomoeda por valor de mercado, atingiu um mínimo de US$ 25.401,05 na quinta-feira, 12, esse é o valor mais baixo desde 28 de dezembro de 2021.

O valor chegou bem próximo de um importante nível de suporte da criptomoeda, US$ 25 mil, que, caso falhe, provavelmente fará o mercado perder ainda mais valor no curto e médio prazo.

Após alcançar essa baixa, o Bitcoin chegou a se recuperar um pouco, chegando na marca dos US$ 29.747 antes de voltar a cair. Ao que tudo indica, US$ 30 mil passa a ser a mais importante resistência e barreira psicológica para a criptomoeda começar a dar sinal de uma recuperação mais substância no médio prazo.

Grande parte das criptomoedas foram varridas por uma liquidação de ativos de maior risco, que ganhou força esta semana com dados que mostraram a inflação dos EUA subindo, aprofundando os temores dos investidores sobre o impacto econômico do controle mais “apertado” do Banco Central dos EUA.

Além disso, a UST, ao perder o lastro do Dólar, aumentou ainda mais o pânico de venda e fez com que o mercado caísse ainda mais.

Essa recente onda de pressão de venda fez com que o valor de mercado combinado de todas as criptomoedas fosse para US$ 1,2 trilhão, menos da metade de onde estava em novembro passado com base em dados do CoinMarketCap.

Peso das Stablecoins no criptomercado

Um dos principais culpados por essa recente queda no criptomercado é a Stablecoin TerraUSD, a UST, que apesar de ser uma das maiores do mercado, inexplicavelmente começou a perder o lastro com o dólar no último fim de semana antes de despencar e levar consigo a criptomoeda LUNA, liquidando posições e iniciando todo o processo de queda.

“O colapso do lastro na TerraUSD teve algumas repercussões desagradáveis ​​e previsíveis. Vimos uma ampla liquidação no BTC, ETH e na maioria das moedas alternativas do criptomercado.”

O problema não é apenas a UST, já que a Tether também perdeu o lastro com o dólar na quinta-feira. Mesmo se recuperando depois, a falta de transparência da empresa é preocupante.

“A falta de transparência fornecida pela Tether sobre a qualidade do papel comercial que eles detêm para sustentar a paridade tornou-o o próximo alvo óbvio”, disse Usher, do BCB Group.

As Stablecoins claramente possuem um grande peso no criptomercado e demonstraram o quanto moedas como o Bitcoin dependem muito mais do que o seu próprio preço.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store