Coin News

Binance reforça seu fundo de emergência para R$ 5 bilhões após colapso da FTX

10 Nov, 20223 min readOther
Binance reforça seu fundo de emergência para R$ 5 bilhões após colapso da FTX

O CEO da Binance, Changpeng “CZ” Zhao, disse que a exchange pretende reforçar o seu Fundo de Segurança dos Ativos dos Usuários (SAFU, na sigla em inglês). Na quarta-feira (9), CZ afirmou que o SAFU voltou a ter US$ 1 bilhão, ou 5,31 bilhões em valores atuais.

Em outras palavras, a Binance pretende reforçar o SAFU e dar mais proteção aos clientes. Isso ocorre como resultado da recente queda do mercado por causa do colapso da FTX. O objetivo da Binance é garantir aos clientes a máxima proteção em caso de outro possível evento negativo.

No entanto, a composição do SAFU em si parece ter alguns problemas, já que é formada basicamente por criptomoedas. E como o colapso da Terra mostrou, esse tipo de colateral nem sempre é seguro.

Mais segurança para os clientes

Por meio de sua conta no Twitter, CZ disse que a Binance aumentou o capital do SAFU para US$ 1 bilhão. De acordo com o CEO, o fundo contém participações em Bitcoin (BTC) e também na BNB e BUSC.

As criptomeodas da Binance representam US$ 700 milhões do capital total, enquanto o BTC representa os US$ 300 milhões restantes.

“A partir de novembro de 2022, o saldo do SAFU voltará a ter US$ 1 bilhão. Fizemos uma promessa à nossa base de usuários e ao ecossistema: que o SAFU sempre manteria uma reserva considerável. Continuaremos cumprindo essa promessa e continuaremos construindo”, disse a Binance.

O executivo destacou que a mudança pode oferecer transparência e segurança adicional aos clientes durante o atual momento do mercado.

A Binance criou o SAFU em 2018 como um fundo de seguro de emergência que serve para proteger os clientes em caso de situações extremas. No entanto, como o fundo tem reservas em criptomoedas, o valor em dólar sofre bastante volatilidade.

Devido ao atual momento de desvalorização, o saldo do fundo tinha caído para US$ 735 milhões, o que levou a Binance a rebalancear o fundo.

Tem reservas suficientes?

Reservas suficientes e uma plataforma transparente parecem ser características vitais para os investidores hoje em dia. Inúmeras entidades já se tornaram vítimas do mercado em baixa por não terem como arcar com a onda de saques dos usuários.

Nesse sentido, os casos mais famosos de 2022 foram das empresas Celsius Network e o fundo de hedge Three Arrows Capital. Agora, a FTX também entrou nesse grupo.

Mas a composição do SAFU ainda é composta 100% por criptomoedas, o que tende a gerar volatilidade do fundo. Uma situação parecida com a da Luna Foundation Guard (LFG), que adotou o BTC como lastro para a stablecoin UST no início desse ano.

Só que quando o preço do BTC caiu, a LFG precisou liquidar a criptomoeda para conseguir honrar com as correções da UST. As liquidações levaram o preço do BTC a cair forte, mas não impediram o colapso da UST e do ecossistema Terra.

Portanto, os usuários esperam que a Binance consiga manter a solidez do SAFU e garantir a segurança dos fundos de seus usuários.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store