Coin News

Binance lança novo sistema para provar reservas de Bitcoin da corretora

26 min ago3 min readBitcoin
Binance lança novo sistema para provar reservas de Bitcoin da corretora

A Binance, a maior exchange de criptomoedas do mundo em volume de negociação, lançou nesta sexta-feira (25) seu sistema de prova de reservas — proof-of-reserves (PoR), em inglês —, que, segundo a empresa, “é o próximo passo em seu compromisso com a transparência e a promoção da confiança no ecossistema”.

De acordo com o anúncio oficial, o lançamento do sistema PoR começa inicialmente com Bitcoin (BTC), com outros tokens e redes a serem adicionados nas próximas semanas.

“Quando dizemos prova de reservas, estamos nos referindo especificamente aos ativos que mantemos sob custódia para os usuários”, escreveu a Binance. “Isso significa que estamos mostrando evidências e provas de que a Binance possui fundos que cobrem todos os ativos de nossos usuários 1:1, bem como algumas reservas.”

As part of our ongoing commitment to transparency, we have provided new updates on #Binance’s Proof of Reserves. Further updates for $ETH, $USDT, $USDC, #BUSD & #BNB will be coming in the near future.Stay tuned.— Binance (@binance) November 25, 2022

Mais especificamente, a Binance forneceu um snapshot dos saldos das contas e suas próprias reservas de Bitcoin às 23h59 UTC de 22 de novembro de 2022.

Na publicação, a exchange afirma ter 582.485 BTC em suas reservas, enquanto seus usuários têm um saldo líquido de 575.742 BTC — dando à Binance uma taxa de reserva de 101%.

Duas maneiras de verificar a reserva de Bitcoin

Os usuários também podem verificar suas participações pessoais em Bitcoin na plataforma de negociação por meio de um link fornecido ou usando a Merkle Tree da própria Binance — uma ferramenta criptográfica que consolida grandes quantidades de dados em um único hash.

Conforme explicado pela Binance, após fazer login na corretora, os usuários podem clicar em “carteira”, seguido de “auditoria”, o que gerará um ID de registro exclusivo que confirma que os ativos estão respaldados e também confirma o saldo dos ativos dos usuários no momento da auditoria.

“Para aqueles que querem dar um passo adiante e verificar seus fundos de forma independente, eles podem copiar o código-fonte em um aplicativo python e fazer referências cruzadas por conta própria”, disse a Binance em um comunicado.

A Binance continuou dizendo que também planeja envolver auditores terceirizados para verificar seu sistema PoR e implementar tecnologia de prova de conhecimento zero (zk-SNARKs), um movimento que visa “melhorar a privacidade e robustez e provar o saldo líquido total (USD) de cada usuário é não negativo.”

A notícia vem após o colapso da exchange rival FTX no início deste mês, o que levou muitas outras plataformas de negociação a se comprometerem a fornecer “transparência total” por meio de Merkle Trees.

A Binance publicou anteriormente um snapshot de seus endereços de carteira quentes e frias em 10 de novembro, com o CEO Chanpeng “CZ” Zhao revelando mais tarde que a exchange estava trabalhando na implementação de um novo protocolo de prova de reservas desenvolvido pelo criador do Ethereum, Vitalik Buterin.

* Traduzido e editado com autorização do Decrypt.co.

Quer negociar mais de 200 ativos digitais na maior exchange da América Latina? Conheça o Mercado Bitcoin! Com 3,8 milhões de clientes, a plataforma do MB já movimentou mais de R$ 50 bilhões em trade in. Crie sua conta grátis!

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store