Coin News

Binance lança fundo de R$ 2,6 bilhões para apoiar mineradores de Bitcoin

14 Oct, 20223 min readMining
Binance lança fundo de R$ 2,6 bilhões para apoiar mineradores de Bitcoin

A atividade de mineração de Bitcoin (BTC) não está mais tão lucrativa quanto antes. Isso se deve devido à queda de preço da maior criptomoeda do mercado e também do aumento recorde da dificuldade de mineração. Diante disso, a exchange de criptomoedas Binance lançou um fundo de R$ 2,6 bilhões (US$ 500 milhões) para apoiar os mineradores de Bitcoin que lutam para lidar com as difíceis condições do mercado

O Binance Pool, o serviço de mineração da exchange, vai oferecer empréstimos para mineradores de BTC privados e listados publicamente. Em contrapartida, esses mineradores precisarão prometer segurança, na forma de ativos físicos ou digitais, para obter os empréstimos.

Conforme informou a Binance, a duração dos empréstimos será de 18 a 24 meses, com taxas de juros entre 5% e 10%. Ainda segundo o anúncio da empresa, além de atender aos mutuários, a Binance Pool está procurando fornecedores de mineração em nuvem.

“Como um dos principais pools de mineração de criptomoedas do mundo, a Binance Pool tem a responsabilidade de ajudar a manter um ecossistema de ativos digitais saudável. À luz das condições atuais do mercado, a Binance Pool está lançando um projeto de empréstimo de US$ 500 milhões para apoiar mineradores de criptomoedas e provedores de infraestrutura digital”, disse a Binance.

De acordo com a exchange, o projeto visa fornecer serviços seguros de financiamento de dívida para empresas de mineração e infraestrutura de ativos digitais de Bitcoin (BTC) em todo o mundo.

Apoio ao setor de mineração de Bitcoin

A iniciativa da Binance chega em momentos de dificuldade para quem realiza mineração de Bitcoin. Com o Bitcoin em baixa, as receitas dos mineradores caíram vertiginosamente.

De acordo com dados do The Block Research, a receita dos mineradores de BTC caiu 16,2%, para menos de R$ 3 bilhões no mês passado. Este foi o quinto declínio nos últimos seis meses. Além disso, é a menor receita desde novembro de 2020. O cenário negativo fez com que várias empresas passassem por dificuldades. A Compute North, por exemplo, chegou a decretar falência.

Mas a Binance não é a única empresa que está apoiando a indústria de mineração de criptomoedas. No mês passado, conforme noticiou o CriptoFácil, o fundador e ex-CEO da Bitmain, Jihan Wu, criou um fundo de US$ 250 milhões (R$ 1,3 bilhão) para comprar ativos em dificuldades de mineradores de Bitcoin. De acordo com o CEO da empresa, Matt Kong, a ideia é aproveitar o ciclo de baixa para ajudar a indústria e lucrar com isso. O executivo observou que todo ciclo de mercado apresenta oportunidades se for bem cronometrado.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store