Coin News

Binance investe US$ 500 milhões na compra do Twitter e faz piada com Elon Musk e CZ

28 Oct, 20225 min readBitcoin
Binance investe US$ 500 milhões na compra do Twitter e faz piada com Elon Musk e CZ

A corretora Binance confirmou nesta sexta-feira (28) sua participação como investidora no acordo de US$ 44 bilhões de Elon Musk para compra do Twitter, realizada durante a madrugada.

“Estamos entusiasmados por poder ajudar a Elon a concretizar uma nova visão para o Twitter. Nosso objetivo é desempenhar um papel na junção das mídias sociais e da Web3, a fim de ampliar o uso e a adoção das tecnologias cripto e blockchain”, disse o fundador da Binance, Changpeng ‘CZ’ Zhao, em um comunicado enviado por e-mail para o Decrypt.

No início desta semana, CZ confirmou que a Binance cumpriria sua promessa anterior de aportar US$ 500 milhões para a oferta de Musk de comprar o Twitter, enfatizando que o acordo apresentaria uma chance de ajudar a conectar as mídias sociais e as notícias à Web3.

Zhao acessou o Twitter na noite de quinta-feira para dizer que a Binance já havia disponibilizado o valor em questão como parte do acordo.

Our intern says we wired the $500 million 2 days ago, probably just as I was being asked about Elon/Twitter. — CZ Binance (@cz_binance) October 28, 2022

A Binance foi uma das primeiras partes a revelar planos para apoiar a aquisição do Twitter por Musk em um documento da CVM dos EUA, a SEC, SEC em maio deste ano, com o CEO da exchange descrevendo a mudança como “uma pequena contribuição para a causa” na época.

Os principais financiadores que ajudaram o chefe da Tesla e da SpaceX a financiar o acordo incluem Morgan Stanley, Bank of America e Barclays, cada um se comprometendo com pelo menos US$ 2,5 bilhões para o financiamento de dívida do acordo, de acordo com a Forbes.

Outros investidores que participam na aquisição são a Sequoia Capital, a Qatar Investment Authority e a Fidelity Management & Research, entre muitos outros, como destaca a CNBC.

Na manhã desta sexta, após a confirmação no negócio, a Binance ainda fez uma piada no próprio Twitter, publicando uma montagem com CZ, Elon Musk e os famosos passarinhos azuis símbolos da rede social.

gm twitter — Binance (@binance) October 28, 2022

Elon Musk compra Twitter

Em uma aquisição de US$ 44 bilhões, o bilionário Elon Musk assumiu o comando do Twitter na quinta-feira (27) e logo de cara demitiu os principais executivos da plataforma, em meio a incertezas sobre como vai concretizar suas grandes ambições para a influente rede social, segundo a Reuters.

Musk mandou embora o CEO do Twitter, Parag Agrawal, o diretor financeiro Ned Segal e a chefe de assuntos jurídicos e de políticas, Vijaya Gadde, segundo pessoas a par do assunto. Musk havia acusado os executivos de enganar tanto a ele quanto a investidores do Twitter sobre o número de contas falsas na plataforma.

Durante a madrugada, Musk confirmou o negócio com um tweet onde dizia apenas: “O pássaro está livre”. O símbolo do Twitter é justamente um pássaro azul.

the bird is freed— Elon Musk (@elonmusk) October 28, 2022

O dono da fabricante de carros elétricos Tesla disse que quer “derrotar” bots de spam no Twitter, tornar públicos os algoritmos que determinam como o conteúdo é apresentado aos usuários e impedir que a plataforma se torne uma câmara de eco para o ódio e a divisão, mesmo limitando a censura. Embora em carta aberta a publicitários na quinta-feira, Musk tenha dito que a rede não será uma plataforma onde tudo pode ser dito, sugerindo algum tipo de moderador.

Uma pessoa disse à Bloomberg que Musk pretende assumir o posto de CEO do Twitter, além de permanecer à frente da Tesla e da SpaceX. O bilionário deve exercer as funções de diretor-presidente enquanto conclui o processo de aquisição, mas poderia ceder o cargo a longo prazo, acrescentou a pessoa. Representantes do Twitter não comentaram.

Aliás, engenheiros da Tesla estiveram reunidos com líderes de produto na sede do Twitter em São Francisco para conhecer o código da rede social e avaliar as necessidades da plataforma, contou uma fonte à agência de notícias.

Musk também teria planos de reverter a regra de banimento definitivo no Twitter, de acordo com a Bloomberg. Entre os nomes especulados que poderiam voltar à plataforma estão os do ex-presidente dos EUA, Donald Trump – banido por supostamente incitar uma insurreição contra as eleições americanas – e do rapper Kanye West, suspenso por sua postura antissemita.

Futuro do Twitter

Pagar pelo Twitter 10 vezes mais do que a plataforma vale na realidade foi a parte mais fácil, destaca análise da Reuters. Agora, Musk precisa provar por que vai desembolsar US$ 44 bilhões pela rede social que ele passou meses ridicularizando.

Uma aposta com a aquisição é acelerar a criação do X, um “superaplicativo” inspirado em apps como o WeChat na Ásia, tuitou Musk no início do mês. Esses aplicativos permitem não só o envio de mensagens, mas também fazer pagamentos, compras online e pedir um táxi, por exemplo. É nesse contexto que pode entrar a Dogecoin, uma criptomoeda-meme que caiu no gosto de Musk.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

Quer negociar mais de 200 ativos digitais na maior exchange da América Latina? Conheça o Mercado Bitcoin! Com 3,8 milhões de clientes, a plataforma do MB já movimentou mais de R$ 50 bilhões em trade in. Crie sua conta grátis!

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store