Coin News

Ataques hackers disparam em outubro e 2022 deve bater o recorde de roubo de criptomoedas

14 Oct, 20223 min readBlockchain
Ataques hackers disparam em outubro e 2022 deve bater o recorde de roubo de criptomoedas

Os hackers se superaram.

Com quatro novos hacks relatadas nesta semana, US$ 718 milhões em criptomoedas foram roubados de 11 protocolos DeFi diferentes este mês, de acordo com a empresa de análise de blockchain Chainalysis.

Isso significa que, em apenas duas semanas, outubro se tornou o maior mês deste ano para ataques de hackers.

Isso eleva a contagem do ano para US$ 3 bilhões roubados em 125 hacks diferentes, de acordo com a Chainalysis. Também coloca 2022 no caminho certo para superar o nível histórico de US$ 3,2 bilhões de fundos de criptomoedas desviados no ano passado.

Os hacks mais recentes incluem US$ 100 milhões roubados da Mango Markets, uma plataforma de negociação Solana DeFi; um exploit de US$ 1 milhão roubado da ponte que conecta a QANplatform à rede Ethereum; e um hack de US $ 2,3 milhões em tokens roubados do TempleDAO.

Uma exploração também foi identificada na Rabby Wallet, um serviço de carteira Ethereum, na terça-feira. O escopo completo da exploração ainda não foi divulgado, mas a equipe do projeto disse no Twitter nesta manhã que “solicitou uma negociação com o hacker”.

Within 2 days of the exploit for Rabby Swap contract, we've been investigating closely with security agencies. We've made some progress and discovered many traces of the hack. To ensure a sooner return of funds for affected users, we've requested a negotiation with the hacker. — Rabby Wallet (@Rabby_io) October 13, 2022

Hacks DeFi pioram em 2022

Nem sempre pareceu que 2022 seria um grande ano para os ladrões de criptomoedas.

Houve uma enxurrada de atividade nos primeiros cinco meses do ano, quando os criminosos roubaram US$ 1,7 bilhão – a maior parte vindo de DeFi.

Mas os ataques caíram quando o mercado reagiu ao colapso do projeto Terra e às falências da Three Arrows Capital, Voyager Digital e Celsius.

Em agosto, a Chainalysis publicou uma atualização para dizer que a atividade ilícita havia caído 15% em volume, já que a maioria das formas de “crime baseado em criptomoeda” caiu com o resto do mercado.

Mas os ataques voltaram em grande estilo.

“As bridges continuam sendo um dos principais alvos dos hackers”, escreveu Chainalysis no Twitter, “com três bridges violadas este mês e quase US$ 600 milhões roubados, representando 82% das perdas este mês e 64% das perdas durante todo o ano”.

*Traduzido com autorização do Decrypt

Procurando uma corretora segura que não congele seus saques? No Mercado Bitcoin, você tem segurança e controle sobre seus ativos. Faça como nossos 3,8 milhões de clientes e abra já sua conta!

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store