Coin News

Após perder contrato com a CBF, empresa pode estar inadimplente com quatro clubes brasileiros

55 min ago3 min readOther
Após perder contrato com a CBF, empresa pode estar inadimplente com quatro clubes brasileiros

A Bitci teve seu contrato rompido com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), após supostamente deixar de honrar os pagamentos de patrocínio desde janeiro deste ano.

Além da CBF, a Bitci também tem contratos com os clubes brasileiros Ceará, Coritiba, Fortaleza, Sport e Vitória. Conforme noticiou o portal Máquina do Esporte na quarta-feira (23), apenas o Vitória tem recebido pagamentos.

Contratos cancelados

O contrato da Bitci envolvia emitir o fan token da Seleção Brasileira, o BFT, e patrocinar a CBF. Embora a condição de emissão do fan token tenha sido cumprida, os montantes referentes ao patrocínio supostamente não foram pagos. Além de rescindir o contrato, a CBF exigiu que os tokens BFT parassem de ser vendidos.

Outros casos onde a Bitci teve contratos rescindidos por supostos atrasos nos pagamentos incluem: Sporting, equipe portuguesa de futebol; Spezia, clube italiano; e a McLaren, tradicional equipe de Fórmula 1.

Das cinco equipes com as quais a Bitci ainda mantém contrato, apenas uma relata ter recebido pagamentos: o Vitória, clube baiano de futebol. Dos que supostamente não têm recebido pagamentos, o Ceará foi o único que removeu a logo da Bitci da sua lista de patrocinadores.

O BFT, fan token da Seleção Brasileira, chegou a cair quase 40% nas últimas 72 horas. Cotado a US$ 0,7619 no dia 22 de novembro, o BFT atingiu a marca de US$ 0,4713. Uma recuperação teve início nessa área de preço poucas horas depois e, no momento da escrita desta matéria, o token está cotado a US$0,6356.

Patrocinadora nega rescisão

Um dia após a CBF anunciar a rescisão do contrato, a Bitci se posicionou negando que o acordo tenha sido suspenso. Nos termos da nota compartilhada pelo portal Máquina do Esporte, “os contratos entre a seleção brasileira e a Bitci estão válidos e em vigor” e “não há aviso de rescisão para a Bitci”. A empresa, inclusive, segue usando material da Seleção Brasileira na página inicial de seu site.

Imagem: banner da Seleção Brasileira no site da Bitci

De qualquer forma, a logo da empresa já foi retirada dos materiais de propaganda da CBF durante a Copa do Mundo, bem como do site oficial da Confederação.

A Bitci é uma empresa turca que oferece serviços relacionados a blockchain. Além da emissão de fan tokens, a empresa tem uma área para lançamento de tokens e uma exchange.

Além das instituições esportivas listadas na matéria, a Bitci também possui fan tokens em parceria com MotoGP, a Seleção Espanhola de Futebol, a Seleção de Basquete da Turquia e com a Seleção de Futebol do Peru.

Leia mais:

  • Binance pretende alocar US$ 1 bilhão para fundo de recuperação de criptomoedas;
  • 'Não tenha medo das quedas de 80% do bear market', dizem especialistas apontando 5 dicas para investir em criptomoedas;
  • Regulador dos Emirados Árabes Unidos revoga licença da FTX em meio ao colapso da exchange.
  • Source

    Subscribe to get our top stories

    Coin News
    App StoreApp Store