Coin News

Apesar de "inverno cripto", downloads de carteiras ultrapassa 100 milhões

3 h ago3 min readDeFi
Apesar de "inverno cripto", downloads de carteiras ultrapassa 100 milhões

O mercado de criptomoedas está em um momento definitivamente de baixa, com um inverno cripto que vem esfriando desde o final do ano passado. 2022 viu não apenas os valores das criptomoedas despencarem, com o Bitcoin atingindo o seu valor mais baixo nos últimos 2 anos, como também viu uma onda de colapsos de grandes nomes do setor, como a Luna e a FTX.

Ainda assim, com tudo o que aconteceu nos últimos meses, parece que o interesse de muitos de entrar no setor não parece ter diminuído tanto, com o número de downloads de carteiras de criptomoedas atingindo números impressionantes na casa das centenas de milhões.

De acordo com dados levantados pelo Finbold, entre janeiro e outubro de 2022, cerca de 102,06 milhões de carteiras de criptomoedas foram baixadas para dispositivos Android e iOS, além de outros 21 aplicativos selecionados que permitem o armazenamento de moedas digitais.

O valor é realmente impressionante, afinal representa uma quantia milionária de pessoas que estão interessadas, de alguma forma, em criptomoedas, e isso é sempre algo positivo de ser analisado, já que, de certo modo, demonstra que ainda há uma força de adoção do setor.

No entanto, se analisarmos os números do ano passado, o número de downloads de 2022 foi quase metade do ano anterior, más notícias? Não necessariamente.

42% menos downloads que 2021

O número de downloads teve uma queda de 42,37% sobre os 177,85 milhões de downloads em 2021. Mas isso não é necessariamente ruim, afinal, 2021 teve um pico de downloads e interesse por parte do público.

O número de downloads do ano passado representa o maior pico anual de carteiras de criptomoedas baixadas em toda a história da indústria. Se analisarmos esses dados com o ano anterior, 2021 viu um crescimento de 453,12% em relação ao valor de 32,95 milhões de 2020.

Ou seja, estamos em um momento em que os downloads de carteiras de criptomoedas estão em um ápice, ainda muito acima do que em 2020 ou até mesmo 2017, quando houve o primeiro boom do setor.

A diminuição deste ano também não pode ser ignorada, mostrando que o público de carteiras tende a seguir a onda do valor, o que não tem sido bom para o setor.

Sendo assim, resta a dúvida: Se a adoção e o interesse está ligado diretamente ao preço e o preço depende da adoção, é possível o setor encontrar equilíbrio para crescer de forma orgânica?

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store