Coin News

Anatel regulamenta aparelho de mineração de criptomoedas

29 Jun, 20223 min readMining
Anatel regulamenta aparelho de mineração de criptomoedas

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), regulamentou nos últimos dias um aparelho de mineração de criptomoedas. Dessa forma, o equipamento é legalizado pelo órgão federal brasileiro e pode ser utilizado sem temores pelos mineradores de moedas digitais.

A atividade de mineração de criptomoedas não é regulada no Brasil, país que não tem leis no setor. Mesmo assim, a atividade de mineração de bitcoin no país é pequena, sendo os custos de importação e energia algumas das barreiras para a prática.

Anatel regulamenta dispositivo de mineração de criptomoedas, raspberry adaptado

A Anatel é considerada a primeira agência reguladora do Brasil, atualmente vinculada ao Ministério das Comunicações, mas com regime independente.

Em suas ações, a Anatel deve atuar para criação do sistema de telecomunicações brasileiro, uso de radiofrequências, regulando todo o setor.

E nos últimos dias, segundo informações do Tecnoblog, a Anatel liberou no Brasil o uso de um novo equipamento de mineração de criptomoedas que recorre a redes Wi-Fi. Por conta desse detalhe, cabia a autarquia federal homologar o produto no país.

O objeto em questão é um Raspberry Pi 4 adaptado para minerar a criptomoeda Helium (HNT), que se chama RAK v2 Helium Miner Hotspot. Em lojas virtuais no idioma em português, o item novo custa em média R$ 4.000,00.

A moeda tem a proposta de criar uma rede global para internet das coisas (IoT), recompensando usuários que ajudam a manter seu ecossistema. Dados da Helium informam que 876 mil hotspots, como são chamados esses equipamentos, encontram-se instalados em todo o mundo.

No Brasil, a notícia é posiiva para os mineradores da moeda, que estão concentrados principalmente nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo.

Empresas de telecomunicação cada vez mais envolvidas com chamada Web3

Nos últimos anos as empresas brasileiras de telecomunicação testaram cada vez mais inovações com criptomoedas. Uma delas foi a Algar Telecom, que chegou a aceitar Bitcoin por um período para clientes que queriam fazer a recarga de seu pré-pago.

Já a Claro montou em 2021 um estande de Metaverso com brindes em NFTs para os visitantes que fossem até o local, indicando que o setor está na mira das grandes empresas.

Nesta quarta-feira (29), por exemplo, o evento Painel Telebrasil 2022 conta com a presença de representantes da Anatel, Meta (ex-Facebook), Vivo, entre outras para discutir diretamente sobre criptomoedas e os desafios de conectividade do setor no Brasil.

Dessa forma, fica claro que o mercado de criptomoedas já não é mais ignorado pelo Governo Brasileiro e inovações neste setor seguem sendo conhecidas.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store