Coin News

Analista aponta 3 razoes para o Ethereum (ETH) chegar a quase R$ 13.000 até setembro

12 Aug, 20223 min readEthereum
Analista aponta 3 razoes para o Ethereum (ETH) chegar a quase R$ 13.000 até setembro

O preço do Ethereum (ETH) reagiu de forma positiva ao anúncio da data do evento mais esperado da rede, o The Merge.

Conforme noticiou o CriptoFácil, o evento foi confirmado para o dia 15 ou 16 de setembro. Como resultado disso, o preço da segunda maior criptomoeda do mercado começou a subir. E a tendência, de acordo com o analista cripto Yashu Gola, é que ETH continue sua alta.

De acordo com dados do CoinMarketCap, o preço da Ether saiu de R$ 9.270 na manhã desta quinta-feira (11) para atuais R$ 9.740. Ou seja, uma valorização de cerca de 5% em um intervalo de apenas algumas horas. Mas, considerando os últimos 30 dias, o preço da altcoin já subiu mais de 70%.

Gráfico de preço de ETH nos últimos 30 dias.

Se a proximidade com os R$ 10.000 já é otimista, há quem acredite que o preço de ETH pode chegar a quase R$ 13.000, na cotação em reais, até o mês de setembro.

Conforme destacou Gola, uma série de indicadores técnicos e fundamentais indicam que Ether está mirando o preço de US$ 2.500.

The Merge

Como é de se imaginar, o The Merge é uma das razões principais para o rali de alta da Ether. A atualização vai mudar o protocolo da blockchain Ethereum de prova de trabalho (PoW) para prova de participação (PoS) em setembro.

Ao mesmo tempo, a mudança também vai eliminar o papel dos mineradores na rede, substituindo-os por validadores.

Por conta disso, um minerador de criptomoedas chinês vai manter a versão PoW da Ethereum, criando um fork. O minerador chamou a rede de ETHPoW e o token nativo de ETHW. Além disso, algumas exchanges de criptomoedas já listaram o token para negociação.

Para o analista, com esse fork os detentores de Ether atuais receberão uma quantidade igual de tokens das novas cadeias.

“Por sua vez, isso poderia aumentar a demanda da ETH no mercado, levando seu preço para a marca de US$ 2.500 no período que antecedeu a fusão.”

Inversão de alta

Outro motivo para o otimismo de Gola é que está em andamento uma inversão de alta. Conforme explicou o analista, durante a sua recente recuperação, o preço de Ether subiu em direção a uma faixa crítica de suporte que virou resistência. Agora, a criptomoeda visa tornar o intervalo um suporte, em busca dos R$ 10.300.

“Seu alvo de alta mais próximo é a média móvel exponencial de 50 semanas em US$ 2.340 (R$ 12.050). O próximo alvo de quebra de intervalo pode estar na resistência da linha de tendência descendente de vários meses do Ether (a linha preta) em cerca de US$ 2.500 (cerca de R$ 13.000)”, disse.

Projeção de preço de ETH.

Entradas Institucionais

Por fim, Gola destacou que as entradas institucionais também podem impulsionar o preço de ETH. O analista observou que os produtos institucionais baseados em ETH atraíram quase R$ 84 milhões de investidores na semana que terminou em 5 de agosto. Enquanto isso, fundos de Bitcoin tiveram saídas de capital de mais de R$ 43,7 milhões no mesmo período.

“No geral, o burburinho em torno da fusão atua como o principal catalisador de alta, como mencionado acima. No entanto, o Ether pode ver fortes correções de preços após a atualização para PoS ocorrer em setembro, quando os traders potencialmente começarem a ‘vender as notícias’”, concluiu.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store