Coin News

Ameaça de meios de pagamentos alternativos à segurança nacional dos EUA vai muito além das criptomoedas

21 Sep, 20223 min readOther
Ameaça de meios de pagamentos alternativos à segurança nacional dos EUA vai muito além das criptomoedas

Os sistemas alternativos de pagamento que não utilizam criptomoedas representam uma séria ameaça à segurança dos Estados Unidos, de acordo com depoimento apresentado na terça-feira, 20, em uma audiência do Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos Deputados dos EUA sobre Segurança Nacional, Desenvolvimento Internacional e Política Monetária. O ecossistema de pagamentos alternativos deve ser visto como um todo, e as criptomoedas podem contribuir para aprimorar a segurança nacional, disseram os palestrantes.

O representante do Wilson Center, Scott Dueweke, disse ao subcomitê de Serviços Financeiros da Câmara dos EUA em depoimento escrito: “Ao focar apenas em criptomoedas, corremos o risco de tomar a floresta pelas árvores."

As empresas de serviços financeiros são fortemente regulaadas nos EUA, mas aquelas sediadas fora do país podem não estar dispostas a cumprir os requisitos da legislação dos EUA, incluindo práticas de indentificação de clientes (KYC) e dispositivos anti-lavagem de dinheiro (AML), além de estarem fora da jurisdição dos EUA e de outros países ocidentais, disse Dueweke.

Dueweke recomendou a instituição de maiores esforços de inteligência financeira de código aberto como meio de neutralizar as alternativas à rede SWIFT que estão sendo criadas pela Rússia e pela e China, além de outras ameaças. Ele disse:

“Os EUA precisam manter a liderança do nosso setor privado em tecnologia global, definindo os padrões para o APE na arena internacional. Independentemente de qualquer direção que o governo dos EUA tome em relação ao dólar digital, […] ele não pode esperar para se engajar com o resto do mundo por meio de organizações internacionais.”

Embora objetivos políticos inspirem a criação de projetos como o Sistema Russo para Transferência de Mensagens Financeiras, como uma alternativa ao SWIFT, e o sistema de cartões bancários MIR daquele país, Dueweke disse que a pobreza é o principal fator a impulsionar a expansão de ecossistemas alternativos de pagamentos.

A good day to do my duty as a citizen. — Scott Dueweke (@Scott_Dueweke) September 20, 2022

Um bom dia para cumprir o meu dever de cidadão.

— Scott Dueweke (@Scott_Dueweke)

Dueweke disse que mais de 700 milhões de pessoas carecem de serviços bancários adequados e a situação é agravada pelas práticas de redução de risco dos bancos ocidentais, que reduzem sua atuação em regiões pobres. Embora a segurança seja o motivo comumente alegado para justificar tal prática, muitas vezes a motivação é o lucro, disse Dueweke.

O chefe de assuntos jurídicos e governamentais da TRM Labs, Ari Redbord, disse na audiência que as stablecoins lastreadas em dólares podem contribuir para melhorar a segurança nacional dos EUA, conferindo maior prestígio e confiabilidade à moeda norte-americana:

“Pode-se imaginar um mundo em que empreendedores criam produtos de serviços financeiros usando uma stablecoin lastreada em dólares, mesmo quando esses produtos não estão diretamente vinculados aos EUA.”

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store