Coin News

Em alta volatilidade, FTT e SOL derretem até 80%, levam mercado ao delírio e comunidade reage à compra da FTX pela Binance

8 Nov, 20224 min readEthereum
Em alta volatilidade, FTT e SOL derretem até 80%, levam mercado ao delírio e comunidade reage à compra da FTX pela Binance

Os investidores de criptomoedas presenciaram fortes emoções nesta terça-feira (8), quando o FTT, token da exchange de criptomoedas FTX, chegou a subir 35%, sendo negociado por US$ 19,33 até cair 80% e ser precificado em US$ 4,35 dentro de um intervalo de aproximadamente quatro horas. Problema que se repetiu, em menor intensidade, com o SOL, altcoin da blockchain de camada um Solana, que, no mesmo intervalo, registrou uma alta em torno de 15%, sucedida de uma queda de 28% que levou o preço da altcoin a US$ 23,80.

Gráfico diário do par FTT/USD. Fonte: CoinMarketCap

O FTT e o SOL estão no olho de um furacão que começou no último dia 2 de novembro, quando uma publicação de Coindesk revelou a predominância de FTT no balanço patrimonial da Alameda Research, gestora de criptoativos irmã da FTX.

Além do FTT, a alta concentração de SOL, entre outras criptomoedas, na empresa do bilionário Sam Bankman-Fried (SBF) também provocou reação da sua principal concorrente, a Binance. O que aconteceu por meio de uma publicação do CEO da empresa no Twitter no último domingo (6), quando Changpeng Zhao (CZ) disse que liquidaria o FTT da plataforma da Binance.

Em meio ao pedido de ajuda de SBF e de uma “corrida bancária que resvalou no Bitcoin (BTC) em razão de uma possível drenagem de BTC na FTX, o FTT e o SOL se mantiveram em forte queda até o começo da tarde, quando apresentaram uma reversão acentuada de preços. Neste caso, a alta repentina dos tokens aconteceu pela surpresa do mercado com o anúncio feito por SBF no Twitter de compra da FTX pela Binance.

CZ também foi ao Twitter, mas foi mais cauteloso ao informar que assinou uma carta de intenção de compra não vinculativa (LOI) da FTX, o que, na prática, ainda não representa uma garantia jurídica de compra da empresa, cuja crise de liquidez foi confirmada pelo CEO da Binance. Diante da indefinição, o FTT e o SOL voltaram a derreter.

“Esta tarde, a FTX pediu nossa ajuda. Há uma crise de liquidez significativa. Para proteger os usuários, assinamos uma LOI não vinculativa, com a intenção de adquirir totalmente o http://FTX.com e ajudar a cobrir a crise de liquidez. Estaremos realizando um DD completo nos próximos dias”, escreveu CZ.

This afternoon, FTX asked for our help. There is a significant liquidity crunch. To protect users, we signed a non-binding LOI, intending to fully acquire and help cover the liquidity crunch. We will be conducting a full DD in the coming days.— CZ 🔶 Binance (@cz_binance) November 8, 2022

Embora não tenha fornecido detalhes sobre a operação, a possível aquisição da FTX foi suficiente para movimentar os posicionamentos da comunidade cripto nas redes sociais, principalmente de alguns cripto influencers. Entre eles o analista de pseudônimo Byzantine General, que escreveu aos seus mais de 139 mil seguidores no Twitter:

“CZ destruiu uma exchange e depois assumiu porque Sam fez aquela piada em DC que ele não gostou. Eu nem quero saber o que teria acontecido se Sam realmente o tivesse machucado.”

CZ destroyed an exchange and then took it over because Sam made that DC joke he didn't like.I don't even want to know what would have happened if Sam had really hurt him. — Byzantine General (@ByzGeneral) November 8, 2022

Entre outras publicações, o possível monopólio do mercado também foi objeto de críticas.

“URGENTE: Crypto renomeado para "Binance", ironizou o influencer de pseudônimo Crypto Chase.

BREAKING: Crypto renamed to "Binance".— Crypto Chase (@Crypto_Chase) November 8, 2022

Enquanto a possível transação envolvendo a FTX e a Binance movimentava a comunidade cripto, o analista que previu o crash de 2021 revelou quando e de quanto será o próximo rali do BTC, conforme noticiou o Cointelegraph Brasil.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store