Coin News

AAVE exclui endereço de Justin Sun Que recebeu 0,1 ETH via Tornado Cash

16 Aug, 20223 min readEthereum
AAVE exclui endereço de Justin Sun Que recebeu 0,1 ETH via Tornado Cash

A proibição do mixer Tornado Cash pelos Estados Unidos fez sua primeira grande vítima: Justin Sun, criador da rede Tron (TRX). De acordo com o próprio Sun, o protocolo de finanças descentralizadas (DeFi) Aave bloqueou uma de suas carteiras.

Sun afirmou que o protocolo bloqueou a carteira depois que o endereço recebeu 0,1 Ether (ETH) enviado através do mixer. O envio provavelmente faz parte da ação de um usuário de enviar pequenas transações como forma de protesto contra o banimento.

“Estou oficialmente bloqueado pela Aave desde que alguém me enviou 0.1 ETH aleatoriamente pelo Tornado Cash”, disse Sun.

Como resultado do bloqueio, Sun não poderá utilizar este endereço para realizar operações ou obter rendimentos na Aave. O protocolo é um dos maiores do ecossistema DeFi nesse sentido, mas também resolveu bloquear endereços ligados ao Tornado Cash.

Descentralização em risco?

Logo após as sanções, um usuário desconhecido enviou 0,1 ETH de um endereço de contrato Tornado Cash para grandes empresas e figuras relacionadas a criptomoedas. De acordo com a empresa de segurança blockchain PeckShield, mais de 600 endereços receberam as transações.

Além de Sun, a lista inclui grandes nomes do mercado. Por exemplo, exchages como a Binance, FTX, Brian Armstrong (CEO da Coinbase). O artista Beeple e o endereço sifu.eth também recebeu as transações.

O envio parece ter sido uma forma de protesto contra o banimento, considerado por muitos como ilegal. Isso porque os EUA baniram até o código-fonte do projeto, algo que violaria a Primeira Emenda da constituição do país. Além disso, a medida viola a liberdade de expressão para quem não usa o Tornado Cash para cometer crimes.

Pelo menos cinco protocolos supostamente descentralizados, incluindo Uniswap, Balancer e dYdX, bloquearam os endereços que receberam transações. Com isso, os usuários criticaram o conceito de “descentralização” dessas plataformas.

DeFi é algo tão descentralizado que organizações estão bloqueando carteiras de usuários que receberam transações do Tornado Cash. A descentralização não existe em um mundo onde as elites governam. Este é apenas o começo. Esses protocolos serão expostos um a um. #TornadoCash”, disse um usuário no Twitter.

Problemas financeiros

Além dos aspectos éticos, o bloqueio de endereços pode causar problemas financeiros aos usuários. Se os preços das criptomoedas caírem, muitos desses protocolos liquidam os fundos de seus usuários.

No entanto, os usuários bloqueados com empréstimos ativos não poderão acessar suas contas. Ou seja, eles não vão poder adicionar liquidez e gerenciar seus empréstimos. Se isso acontecer, os empréstimos serão liquidados, incorrendo em grandes perdas financeiras aos detentores.

Em resposta, a Aave disse que houve problemas na integração de sua API e é por isso que alguns usuários tiveram problemas para acessar o aplicativo Aave.

De acordo com o protocolo, a integração ajuda a identificar carteiras que interagiram com os contratos do Tornado Cash após as sanções. No entanto, a API fez chamadas incorretas e bloqueou carteiras que receberam ETH do Tornado Cash sem consentimento. A equipe da Aave disse que o problema foi resolvido e Justin Sun e outros usuários recuperaram o acesso às suas contas.

Leia também :Real Madrid e Barcelona trabalharão juntos em novo projeto do metaverso

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store